25 de mai de 2011

ELES NOS MONITORAM O TEMPO TODO, EM TEMPO REAL!

A 'A REDE', PASSA POR MIAMI, NÓS SOMOS OBSERVADOS, MONITORADOS O TEMPO INTEIRO, SE QUIZEREM NOS TIRAM DO AR

O jornal argentino Pagina 12 publica hoje uma matéria para a qual peço a atenção dos navegantes mais versados do que eu em matéria de tráfego de internet.
Diz que a América Latina representa 7,3% do tráfego mundial de Internet, apenas, embora cresça perto de 35% a cada ano. E praticamente toda a conexão com a rede mundial de computadores que se estabelece a partir dos países latinoamericanos passa por Miami e los Angeles, pela pequena capacidade das redes inter-regionais de que dispomos.
Segundo o Mapa Global da Internet, publicado pelo Lacnic – Registro de Endereços da Internet para a América Latina e o Caribe – 83% do tráfego de internet da América Latina se distribui por conexões realizadas por aquelas duas cidades dos Estados Unidos.
Portanto, a famosa “teia mundial”, fisicamente, está, no que tange a nós, toda “emendada” em território americano.
O autor do artigo, Mariano Blejman, diz que “olhando o mapa, na América Latina o cabeamento de fibra ótica reproduz  algo como uma nova linha ferroviária “imperial”.  Com exceção do México, quase todas as conexões da América Latina para o mundo através do chamado “hub das Américas” em Miami .
Outro caso que mistura política e conectividade, segundo Mariano,  “é claramente visto em Cuba, que é uma ilha, não apenas na geografia, mas também no impacto do embargo dos EUA significa para os usuários de internet cubano”.
“Apesar de ser cercada por cabos submarinos de fibra óptica e estar a poucos quilômetros do hub  de Miami, Cuba só pode receber internet via satélite.
O resultado é que o governo paga quase dez vezes sua conexão e só podem ser acessados ??diretamente a partir dos centros de pesquisa, universidades e alguns hotéis internacionais, quase exclusivamente.
Após vários anos de trabalho, mediante acordo com o governo de Hugo Chávez, os cubanos estão cruzando os dedos para finalmente obter um cabo de fibra ótica desde a Venezuela a Cuba.”